13/01/16

Mad Dragzter - Master Of Space And Time

Olá headbangers de bom gosto, venho com muito orgulho postar uma grande banda do cenário nacional, trata-se do Mad Dragzter e o seu cd Master Of Space And Time.
A Formação da banda:
Tiago Torres - Guitar/Vocals
Gabriel Spazziani - Guitar
Eric Carlos - Drums
Armando Benedetti - Bass
Sobre o som? Fudido, Metralhadora de Riffs, Destruidor, Pegado, Thrash Metal puro sem firulas, uma aula, acho que um dos melhores lançamentos nacionais, vamos as músicas:
Almighty - Um som que na minha resenha lembra pra caralho o Destruction
Valley of Dry Bones - puta som que lembra o Exodus da fase do Pleasures of the Flesh
Master of Space And Time - faixa título, uma das melhores, thrash na veia e como as que seguem  lembra muito Testament
5708 - quebrada e bangueada, puta som
Megiddo - para ralar o pescoço
Gehenna: The Second Death - seguindo a mesma linha, Thrash Metal puro
King of the Kings - um puta som som cadenciado e muito pesado bem Testament do Practice...
Army Of Truth - começa cadenciada e se tranforma numa paulada, uma das melhores, para dar Stage no Show
Sons of Thunder - Porradaria a la Testament do The New Order, uma aula de Thrash Metal
The Man By The pool Of Bethesda - Começa um Thrash mais cadenciado e se torna um som para balançar a cabeça, banguear até o talo.
One Nation, One Church - Um Thrash mais trampado, mas muito pesado, uma das melhores do play, que musicalidade nesse som, já nasceu classico.
From Emptiness To Infinity - Thrash com excelentes refrões, tipo som clássico, um dos melhores sons do cd, backing vocals de primeira, Thrash fudido.
Vox Spiritus Sancti - Começa na manha e depois uma porradaria, esse som é para se matar no show.
Wrath of God - Para mim o melhor som do cd, começa com uma tirada Reggae e depois vem uma metralhadora de riffs, um peso desumano, do caralho, só isso que posso dizer.
New Heaven And New Earth - Outros som fodastico onde a base thrash logo se sobressai, a guitarra grita alto no agudo e a porradaria vem, para moshear muito galera.
Tentei passar as minhas impressões desse maravilhoso cd que a banda aliás diga-se de passagem distribui gratuitamente, na verdade é um som avassalador, Thrash Metal que não deve nada a nenhuma banda gringa, está a altura dos melhores lançamentos do Korzus por exemplo e na minha opinião anos luz a frente da atual fase do Sepultura, isso representa o Brasil, deveria está em turnê com o Krisiun pela Europa toda, muita qualidade, muito som para quebrar o pescoço, muita raiz do Underground, galera, vamos atrás desse cd pois já tenho o meu, e garanto a vc's, curtem Forbidden? Slayer? Testament? Metallica? Anthrax? Megadeth? Pantera? Podem ir atrás que em alguns momentos o Mad Dragzter é ainda mais pesado que todas essas consagradas bandas, apreciem sem moderação. Valeu galera de bom gosto, e bang your head.





05/01/16

Banda Prellude - Maquina do Tempo


Olá galera de bom gosto, faz um tempão que não posto nada por aqui! Mas vou procurar fazer mais postagens conforme vou recebendo material de bandas que me enviarem. Bom, estava procurando no Merc. Livre lp's de bandas nacionais dos anos 80 quando me interessei em um vinil do Azul Limão, e comprei sem saber do Cristian da banda Prellude que estava vendendo um exemplar raro, o Prellude é uma banda da década de 90 que luta bravamente para manter acesa a chama do metal anos 80! Nem acreditei que junto com o Lp do Azul Limão ele me mandou um cd da banda dele. Quando vi que a banda dele era a Prellude nem acreditei, adquiri um exemplar tão importante quanto o Azul Limão, uma banda que eu já conhecia e nem lembrava mais! O bom Metal vem a quem entende galera, não tem jeito, era para ser meu. Bem, o Prellude é formado por Cristian S. Lima - Guitarra e vocal, Vinícios Kavrucov - Bateria e Marcelo Brito - Baixo. O cd chama-se Maquina do Tempo, e o título (não sei se foi proposital) faz jus mesmo, esse cd nos remete aos anos 80 onde predominava maravilhosas bandas como Salário Mínimo, Harppia, Centurias, Golpe de Estado, Chave do Sol, Azul Limão, tudo isso vocês irão encontrar por aqui! Sobre as músicas é uma melhor que a outra, o cd abre com Viúva Negra que é um hard heavy de respeito, bases coesas sem frescura, direta ao ponto, a faixa título Máquina do Tempo segue no mesmo estilo, pesada, trabalhada, excelente canção, deixa eu falar das minhas prediletas que são Fúria Calada, Lesão Cerebral, Batalha Underground e Sentença Motriz nessas faixas os leitores irão encontrar um seguimento anos 80 mais voltado ao Speed, Power metal na linha Taurus, Azul Limão a própria Lesão  Cerebral lembra um Harppia no melhor estilo Salém Cidade das Bruxas! Tem uma balada também que é Futuro Cego, tipo uma auto reflexão que todos devíamos fazer, sobre o que nos cerca, sobre certos momentos de escuridão que nos encontramos, destaque para o Vocal e interpretação do Cristian, aliás o Cristian manda bem em todas cantando e tocando, o Vinícios bate bem na sua batera hein! Destroi, lance de tempo, quebradas, manda bem na balada também, o Marcelo também, e o tipo do baixista que vc nota que está na banda, não aquele baixista que vc ouve o som e não percebe, esse vc percebe sim, identifica em todas as músicas e o cara manda bem, tem outras canções também Metal de Pátria puta som também, assim como Sanguessuga dos Sonhos Hard/Heavy da melhor qualidade, a única que achei que destoa um pouco é Estrada do Rock, mas não que seja ruim, pelo contrário, o Salário Mínimo mesmo tem um puta som com esse tema, o do Prellude também é legal, bem tocada, no fim dela o peso cresce de uma forma criativa, é que para meu gosto as outras são demais, principalmente, Fúria Calada, Lesão Cerebral, Batalha Underground e Sentença Motriz, galera taí mais uma banda injustiçada, que merecia destaque no metal nacional, se eu fosse dono de rádio jamais eu deixaria isso acontecer, tudo o que posso dizer é: Vocês curtem Azul Limão, Taurus, Harppia, Centurias, Dorsal Atlantica, Korzus, Vodu, Viper? e toda aquela cena oitentista? Podem adiquirir esse cd sem medo e me cobrem se eu estiver mentindo para vc's. Aí vai o Contato da banda:
http;//www.prellude.com.br e o telefone para contato DDD 11- 3996.7929 ou 11-7193.2244
Lembrando que a banda é paulista de Mogi das Cruzes, formada em 1995 e o seu primeiro cd A Estrada do Rock foi divulgado na Alemanha, Portugal, Argentina e também participaram de uma coletânea internacional onde estava incluído o Saxon. Gente vamos prestigiar o Metal Nacional. Valeu galera de bom gosto e Bang your Head!!!!!!!!!!

14/02/13

ATENÇÃO BANDAS NOVAS

Estou realizando trabalho de divulgação de bandas novas no ALEMETALPESADO, faço a resenha do cd de sua banda aqui no site, é necessário já ter o cd pronto ( com capa, contra capa, etc), endereço para divulgação da banda ( blog, site oficial ou outros meios como por exemplo endereço ou telefone para contato) e o mais importante, tem que ser do Hard Rock até o Metal em todas as suas vertentes, seja Heavy, Speed, Power, Death, ou Black Metal, também pode ser Grindcore ou Punk, não resenho roquinho baba ovo, ou MPB. Qualquer dúvida podem falar comigo pelo meu email - melimrissi@gmail.com. É isso aí galera vamos divulgar seu trabalho! Valeu galera de bom gosto!

22/01/12

Black Sabbath

Olá leitores do Alemetalpesado, hoje postarei sobre uma lendária banda, que na verdade é fácil por se tratar de uma banda que influenciou o Heavy Metal em todas as suas vertentes desde o Heavy tradicional até bandas de Black Metal e Death Metal, então vou tentar dificultar um pouco e falar sobre a história do Born Again. Com certeza é uma história das mais polêmicas da história do Metal, se não a mais polêmica, todos sabem que o Black Sabbath sempre foi um super grupo, e que também está de volta com a formação clássica, e também é notório que os pricipais álbuns foram na fase do Ozzy e do saudoso Ronnie James Dio, mas quando eles saíram da banda ficou aquela incógnita sobre o futuro, eles tinham que manter a pegada e lançar algo que provasse que o Sabbath estava mais vivo do que nunca! A solução? Ian Gillan! O que resultou nesse maravilhoso álbum que já nasceu polêmico a partir da capa, uma capa boicotada em alguns lugares do mundo e que dizem que o próprio Gillan não gostou, tendo inclusive jogado diversos exemplares do álbum fora, quatro ideias foram enviadas e uma delas era baseada no bebê da capa de uma revista chamada Mind Alive (1968). Foram então  criados  os chifres, unhas, dentes e foi utilizada a mais estranha combinação de cores que era  possível. A história se segue com a reunião onde Tony Iommi e Geezer Butler estavam presentes, mas Gillan e Ward não participaram. Tony adorou a capa e Geezer, conforme nos é informado, olhou para ela e disse, “É uma merd..., mas é boa para car..." , e sobre o álbum é muito curioso, pois por mais estranho que possa parecer o Sabbath nunca esteve tão sombrio como neste album, existe um ar melancólico, pertubador,  é só ouvir a música Disturbing the Priest que logo se nota o ar sombrio que ronda por esse álbum, e é também notório que o Gillan não se sentiu nada confortável em gravá-lo e fez diversas auto-criticas, e o entrosamento também não era perfeito pois sabe-se que eles mal se encontravam para gravar, algúem gravava de manhã outros à tarde e tinha até gravações de madrugada, mas no final o resultada é perfeito, insuperável, um dos melhores na minha modesta opinião, sem falar na música Trashed, que considero a mais pesada e perfeita música do Sabbath (sei que isso pode dar muita  discussão), enfim Black Sabbath é uma banda sem rejeição no meio metalico, nunca vi nenhum fã de Metal seja qual for o estilo dizer que não gosta dessa lendária banda! É simplesmente perfeita!

20/01/12

Necromorten

Galera, fiéis leitores do Alemetal pesado, é com muita satisfação que volto a postar com grande estilo, afinal, não posto qualquer banda por aqui! Mas tenho que confessar que tenho 38 anos e desde os 13 curto metal na veia, principalmente aquela década de 80, e após receber esse cd ainda me emociono com o nosso Heavy Metal tupiniqim, a banda se chama Necromorten, é do Ceará e para abrir qualquer comentário basta dizer que eles abriram shows do Overkill e Destruction, está bom para vocês? E garanto que não conhecem né! Pois eu apresento essa excelente banda, banda heróica diga-se de passagem, vamos lá:
Fabiano Barba - Drums
Rodrigo Magnani - Guitars
Pablo Castelar - Lead Vocals
Eduardo Magnani - Bass Guitar/Vocals
Paulo Bessa - Lead Guitars
Primeiramente a banda apresenta um trabalho gráfico de extrema qualidade, encarte muito bem feito, com todas as letras e foto da banda, a arte gráfica feita na caixa do cd é também de primeiro mundo, as músicas de forma inédita são divididas por temas, que são - Of war 4 músicas - of Religion 3 músicas - of Man 3 músicas - of Pride 2 músicas, lançamento independente assinado  pela Distrito Rock, Gino Productions e Gallery Procuctions, um pouco mais da história da banda pode ser conferido no site http://www.recifemetallaw.com.br/index.php?link=materias&tipo=entrevistas&id=118, mas tem diversos acessos no Goggle onde se pode conferir o som da banda 
Como por exemplo http://www.myspace.com/necromorten, agora vamos ao som da banda que é o que interessa, som fudido, para apreciadores do verdadeiro Thrash Metal, logo de cara o que se pergunta é se o Mille Petrozza está nos vocais, um puta som que lembra o Kreator dos primeiros três discos, também tem muita sonoridade semelhante ao Exumer e ao Assassin do primeiro disco, tem muita pegada a lá Tankard também, ouvindo bem o cd é também indicado para fans de Korzus, The Mist, Taurus, Mx, leitores, é foda, só vocês ouvindo, é Thrash anos 80, porrada do começo ao fim, ouvindo esse cd ainda me emociono apesar de tanta vivência que já tenho no metal, som extremamente honesto,pegado, vocal raivoso, aquelas cavalgadas de guitarra, baixo extremamente sólido, e bateria fulminante, esse é o Necromorten, que na verdade merecia um puta lugar de destaque no Metal Nacional e mundial, tamanha a qualidade de seu trabalho , nem preciso falar mais, a banda fala por si só, acessem e verão, e no mais, se depender desse blogueriro que vos escreve essa banda vai brilhar muito, desnecessário destacar uma ou outra música do cd, todas são Thrash na veia, desde  a Making a War atér o hino Thrash Metal, Thrash Till Death forever!

02/06/10

MINHA NOSSA, FALECEU RONNIE JAMES DIO

O pequeno gigante do Heavy Metal nos deixou, aconselho a todos que antes de ouvir a rádio alemetalpesado façam um minuto de silêncio, pois este cara influenciou a cena toda, qualquer banda desde o hard rock até o death metal referenciam este cara, ele foi o responsável pelos plays mais pesados do sabbath e a carreira solo foi estrondosa, desde os clip's até os vinis, este pequeno gigante representou tudo! Descanse em paz Headbanger! O meio Metalico jamais o esquecerá, assim como Cliff Burton, Wendy O. Willians, Kevin Dubrow, Randy Roads,  entre outros! Nós do site alemetalpesado e nossos leitores o reverenciam, Metal In Your Head, The Last In Line Forever!

15/08/09

Guardião da Noite


É quente como fogo, fogo de serpente, escorre em meu corpo e alucina minha mente (trecho da música Quente). Aí leitores do ALEMETALPESADO, este trecho que eu escrevi define o cd deles perfeitamente, primeiro vamos a formação da banda:
Paulo Biazzini - Vocal
Magno Adrian - Guitarra, Violão, Slide Guitar
Armando Incau - Baixo, Backing Vocal
Liber Lopes - Bateria
Este é um lançamento independente, mas tamanha é a qualidade que parece uma banda bem rodada, cd em caixinha plastificada, encarte rico em detalhes e fotos, belo material de impressão, olha, é um material de primeira! Agora vamos ao que interssa que é o som da banda! Hard Rock classudo, de primeira. Logo de cara a gente ouve BEM DISTANTE (ME LEVA) que é um sonzasso, até lembra o bom e velho Golpe de Estado dos primeiros discos, tem refrão marcante que a gente se pega agitando sem querer, outra que chama a atenção é SUSSURROS , belo trabalho de vocal, também vale destacar SERIAL KILLER Hard Rock direto ao ponto e sem frescura, outra legal é SP SITIADA onde mostra a perfomance da banda, um som cheio de quebradas, tem aquele lance de tempo que só uma banda entrosada pode fazer, destaque para o baterista! A música VÍCIO é a última do cd, e fecha com chave de ouro, a base de Guitarra lembra o bom e velho Elcio Aguirra, na verdade não dá para falar de todas uma por uma, mas o cd todo é muito bom ( eu já ouvi umas dez vezes), tem balada, peso, pegada, uma banda com a cara de São Paulo. Parabens Guardião da Noite, continuem nessa pegada!